Meta Financeira

Meta Financeira

Você precisa saber o que quer para realizar seus sonhos. Chega de desculpas.

Rock The Bank

24.09.2020 8:40:14

COMO USAR A CALCULADORA DE META FINANCEIRA

Objetivo: a partir da definição de um objetivo futuro de reserva financeira, do prazo para formação da reserva e do cenário de retorno do investimento, a calculadora estima o valor da poupança mensal para se atingir a meta, bem como o valor real dessa reserva no futuro (descontando inflação estimada no período).

Dados para Análise: além da inclusão da meta financeira futura e do prazo de investimento, são necessários os seguintes dados:

  • Taxa de Juros: inserir a taxa esperada de juros no período, que depende do prazo escolhido para a formação da reserva. Pode ser usada como referencial a taxa utilizada nos cenários de curto ou longo prazos da calculadora de investimentos, ou buscar como referência a taxa de juros do mercado de DI (derivativos de juros).

  • Rentabilidade Bruta: preencher com o percentual esperado de retorno em relação à taxa de juros. Por exemplo, se for um investimento em CDB, incluir a taxa de negociação ofertada pelo banco (90%, 95%, 100% do CDI).

  • Inflação: esse campo é importante, pois será utilizado para calcular o valor real da reserva futura. 

  • Impostos: a alíquota de tributação depende do prazo e do produto. Há produtos isentos de tributação, como LCI e Poupança, outros seguem tabela progressiva (como CDB, Tesouro Direto, Fundos) e há opção de Fundos de Previdência que podem tanto ser a tabela progressiva como regressiva.  Para conhecer as tabelas de tributação consulte as calculadoras de investimento e de previdência.

Resultados:  são apresentados os valores de depósitos mensais para atingir a meta financeira e a reserva real acumulada no período.