Espaço Rock

Um Espaço que mostra o que afeta sua Vida Financeira:

  • + noticia

    Quebra da Unimed Paulistana afeta 740 mil pessoas

    Foto Notícia
    VEJA SÃO PAULO

    Detalhes exclusivos sobre a quebra da Unimed Paulistana | VEJA SÃO PAULO

  • + noticia

    220 operadoras de saúde quebradas e 3 milhões de clientes prejudicados

    Muito cuidado em escolher os planos de saúde.

    Blog do Vicente

    Quebra de planos de saúde força consumidor a aceitar convênio pior - Blog do Vicente

  • + analise

    O segredo que o Sr. Wall Street descobriu que mudou sua vida financeira e do banco Goldman Sachs

    Sidney Weinberg começou a trabalhar com 10 anos: vendendo jornais no terminal de balsas Manhattan-Brooklyn, descascando ostras e carregando penas para uma chapeleira.

    Ele começou a trabalhar no Goldman Sachs como assistente do Zelador e ganhava USD 12 por mês. 

    Mas como muito trabalho, esforço e dedicação, ele tornou-se presidente do Goldman Sachs. Um dos bancos de investimentos mais poderosos do mundo. 


     

    Sidney disse que um dos grandes momentos da sua vida foi quando Floyd Odlum revelou o grande segredo das finanças e disse: "Vou fazer algo por você. Vou lhe dar este livro, mas você tem que prometer que durante toda sua carreira guardará um exemplar para consultar. Leia-o uma vez e depois refresque a memória relendo de tempos e tempos".

    O livro era o Popular Delusions and the Madness of Crowds, de Charles McKay. 


    Odlun disse a Sidney: "Fique atento aos excessos. Ninguém vai lhe dizer o que são e quando surgirão e cada vez terão uma aparência diferente". Preveniu-o de que o sucesso só chegaria para os que pudessem reconhecer e avaliar corretamente o risco.

    Devido a sua grande influência nos negócios, ele foi apelidado de Sr. Wall Street.


    Então, você sabe onde estão os excessos e os riscos no mercado de ações? nos Bitcoins? em investimentos exóticos?


    Segredo do senhor Wall Street Foto: 500px

    Segredo do senhor Wall Street

  • + analise

    Cartões de desconto e Cartões pré-pagos não são plano de saúde

    Muitas pessoas compram os cartões de desconto e cartões pré-pagos como se fossem plano de saúde. Mas a verdade é que não são planos de saúde. O cartão de desconto e o cartão pré-pago não garantem o acesso ilimitado aos serviços garantidos pelo plano de saúde.

    Dependendo do valor que você carregar no cartão, poderá até realizar alguns procedimentos. Mas, quando precisar de um serviço médico de alto custo, provavelmente o valor não será suficiente para permitir o seu atendimento, e aí a empresa que vende o cartão não tem nenhuma responsabilidade. Logo, caberá a você assumir este custo de forma integral.

    None
  • + analise

    Plano de Saúde. Paciente Particular, uma forma de quebrar

    Muito cuidado com as internações como paciente particular. Segundo dados da Associação Nacional dos Hospitais Privados de 2014, cerca de 8,6% dos pacientes dos hospitais são pacientes particulares.

    Muitas pessoas têm dívidas de R$ 500 mil, R$ 1 milhão, R$ 2 milhões e até de R$ 5 milhões com os hospitais, devido a internações como paciente particular. Os custos de UTI e semi-intensivo custam uma fortuna, bem como todos os medicamentos utilizados

    Então, tome cuidado. Analise as opções do seu plano de saúde e opções de internação em hospital público. Sempre, a saúde da sua família em primeiro lugar.

     

    None