+ noticia

Suspensão Temporária de Reajustes de Planos de Saúde já está valendo

Como forma de reduzir os impactos causados pela pandemia do coronavírus, mas também de manter o sistema de saúde em pleno funcionamento, a Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) e a Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge), com o apoio da Associação Nacional das Administradoras de Benefício (Anab), principais representantes das operadoras de saúde, recomendaram às suas associadas a suspensão temporária da aplicação do reajuste anual das mensalidades dos planos médico-hospitalares individuais, coletivos por adesão e de pequenas e médias empresas com até 29 vidas cobertas.

Tal decisão foi tomada em caráter voluntário e contempla tanto os reajustes que acontecem a cada 12 meses de contrato (técnico-financeiros), quanto os reajustes por mudança de faixa etária, cujos contratantes deste último, deverão contatar as operadoras para procederem a suspensão do reajuste.

O período de suspensão é de 90 noventa dias, do qual teve início em 01º de maio e terminará em 31 de junho.

Os procedimentos para a implantação da suspensão e a forma como recompor os valores que deixarem de ser praticados durante esse período é informado por cada operadora, mas segundo compromisso assumido pelas empresas, a recomposição ocorrerá a partir de outubro deste ano e será diluída pelo mesmo número de meses impactados pela suspensão.

Cerca de 26 milhões de brasileiros são beneficiados.

Mais saúde.

Mais saúde.