Foto de Rock
Rock Diamante

+ Análise

Prosperidade na crise: Gênesis 47:13-27

Segundo a Bíblia, José ajuntou trigo por 7 anos para enfrentar 7 anos de crise.

O grão de trigo é um alimento básico usado para fazer farinha e, com esta, o pão. Um dos principais alimentos na época.

O trigo é uma semente, cuja palavra vem do latim sementis e se refere à semente do fruto ou qualquer coisa através do qual permite-se criar algo. 

Gênesis 41:49: Assim ajuntou José muitíssimo trigo, como a areia do mar, até que cessou de contar; porquanto não havia numeração.

Foi através das sementes que José prosperou o Egito na maior crise da época. Com as sementes:

1) Trocou sementes por todo dinheiro do Egito e da terra de Canaã.

2) Trocou sementes por todo animal, gado (vacas, ovelhas, cavalos, jumentos).

3) Trocou sementes por toda terra do Egito.

4) Trocou sementes por toda a vida (servo).

5) Finalmente, José deu sementes para o povo em troca de 1/5 da produção.

Tenha sementes em sua vida, que através delas virá dinheiro, gado, terra, vida e semente para gerar mais sementes.

Uma grande empresa hoje foi uma semente no passado. Começou pequeno como uma semente, mas cresceu, floresceu e deu frutos.

Hoje, no mundo dos negócios temos muito dinheiro disponível, mas falta encontrar boas sementes para se tornarem grandes companhias.

Da mesma forma, Jesus disse que se tivesse fé como um grão de mostarda seria capaz de mover montanhas. Novamente, o sentido da fé como uma semente de mostarda que vai desenvolvendo até mover as montanhas.

Portanto, para prosperar na crise, tenha muitas sementes.

Assim como aplique a lei da semeadura em todos os aspectos da sua vida. E como diz 2º Coríntios 9:6: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.


Gênesis 47:13-27

E não havia pão em toda a terra, porque a fome era muito grave; de modo que a terra do Egito e a terra de Canaã desfaleciam por causa da fome.

Então José recolheu todo o dinheiro que se achou na terra do Egito, e na terra de Canaã, pelo trigo que compravam; e José trouxe o dinheiro à casa de Faraó.

Acabando-se, pois, o dinheiro da terra do Egito, e da terra de Canaã, vieram todos os egípcios a José, dizendo: Dá-nos pão; por que morreremos em tua presença porquanto o dinheiro nos falta.

E José disse: Dai o vosso gado, e eu vo-lo darei por vosso gado, se falta o dinheiro.

Então trouxeram o seu gado a José; e José deu-lhes pão em troca de cavalos, e das ovelhas, e das vacas e dos jumentos; e os sustentou de pão aquele ano por todo o seu gado.

E acabado aquele ano, vieram a ele no segundo ano e disseram-lhe: Não ocultaremos ao meu senhor que o dinheiro acabou; e meu senhor possui os animais, e nenhuma outra coisa nos ficou diante de meu senhor, senão o nosso corpo e a nossa terra;

Por que morreremos diante dos teus olhos, tanto nós como a nossa terra? Compra-nos a nós e a nossa terra por pão, e nós e a nossa terra seremos servos de Faraó; e dá-nos semente, para que vivamos, e não morramos, e a terra não se desole.

Assim José comprou toda a terra do Egito para Faraó, porque os egípcios venderam cada um o seu campo, porquanto a fome prevaleceu sobre eles; e a terra ficou sendo de Faraó.

E, quanto ao povo, fê-lo passar às cidades, desde uma extremidade da terra do Egito até a outra extremidade.

Somente a terra dos sacerdotes não a comprou, porquanto os sacerdotes tinham porção de Faraó, e eles comiam a sua porção que Faraó lhes tinha dado; por isso não venderam a sua terra.

Então disse José ao povo: Eis que hoje tenho comprado a vós e a vossa terra para Faraó; eis aí tendes semente para vós, para que semeeis a terra.

Há de ser, porém, que das colheitas dareis o quinto a Faraó, e as quatro partes serão vossas, para semente do campo, e para o vosso mantimento, e dos que estão nas vossas casas, e para que comam vossos filhos.

E disseram: A vida nos tens dado; achemos graça aos olhos de meu senhor, e seremos servos de Faraó.

José, pois, estabeleceu isto por estatuto, até ao dia de hoje, sobre a terra do Egito, que Faraó tirasse o quinto; só a terra dos sacerdotes não ficou sendo de Faraó.

Assim habitou Israel na terra do Egito, na terra de Gósen, e nela tomaram possessão, e frutificaram, e multiplicaram-se muito.

Sementes que Prosperam Foto: 500px

Sementes que Prosperam

  • Foto de Ivo Barbosa
    Ivo Barbosa

    O processo nas nossas vidas é importante para crescimento! Admiro muito a história de José, grande ensinamento de Fé e Espera.

    +