Espaço Rock

Um Espaço que mostra o que afeta sua Vida Financeira:

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    As piores dívidas que você pode fazer na vida

    Fuja dessas dívidas ou elas ficarão um bom tempo em sua vida...

    Essas são as piores dívidas que alguém pode fazer com um banco ou financeira.

    No entanto, são as mais recorrentes. Ou seja, a maioria dos brasileiros recorrem àquilo que os levarão para a forca e não conseguem sair facilmente.

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    Famílias mais ricas estão se endividando mais

    Vem aumentando o percentual de famílias endividadas com cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal, prestação de carro e de casa. Em janeiro, cujo índice era de 66,5%, subiu para 66,7% em fevereiro e tem aumentado gradativamente.

    Por incrível que pareça, não são as famílias de baixa renda que lideram esse contingente. A proporção de endividamento de famílias com renda acima de 10 salários mínimos tem sido maior que famílias com renda inferior a isso.

    Para se ter uma ideia, enquanto as famílias com menos de 10 salários mantiveram com índices estáveis em 67,9%, aquelas com renda superior, subiu o índice em 1,4% de janeiro (60,7%) para fevereiro (62,1%). Desde novembro de 2020, esse índice tem crescido de forma intensa.

    Mas por que as famílias mais ricas se endividam mais?

    É como dizem: quanto mais ganha, mais gasta. Devido ao costume do alto padrão de vida, as famílias mais ricas estão revertendo suas reservas e poupanças ao consumo, enquanto que as famílias de baixa renda, já têm o costume de manter um consumo mais restrito e que se viram ainda mais necessitados em ser rigorosos quanto ao orçamento com o fim do auxílio emergencial.

    A crise do Covid-19 mostrou que, independente da classe social, é importante fazer uma reserva financeira: seja uma reserva para emergências, seja uma reserva para aposentadoria, seja para adquirir bens de mais alto valor.


    Luxando sem poder? Foto: 500px

    Luxando sem poder?

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    Redução da dívida em até 95%.

    Devido a crise do Covid-19, as áreas de cobrança dos bancos aumentaram os descontos das dívidas em até 95%.

    Além disso, elas também incrementaram o prazo de carência para os pagamentos de 30 para 60 dias.

    Portanto, se você tem uma dívida antiga, é um bom momento para renegociar e ter um grande desconto. No entanto, avalie sua situação financeira para os próximos 12 meses para que a renegociação não prejudique suas finanças.

    Vale lembrar que em 5 anos ocorre a prescrição da cobrança da dívida e também a retirada de restrição de crédito do Serasa/SPC.

    Quando a dívida é renegociada, esse prazo recomeça, sendo novamente contado do zero.

    Oportunidade na Tempestade Foto: 500px

    Oportunidade na Tempestade

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    Reduza os juros da dívida em até 72%.

    Sem dúvida, o ano de 2020, será o melhor ano para você reduzir sua dívida. Porque, a taxa de juros no Brasil está no patamar mais baixo de todos os tempos. A taxa Selic caiu de 14,25% para 4,25%, ou seja, uma queda de 70%. 

    As taxas das operações de crédito também caíram, mas não na mesma proporção.

    Você pode começar o ano com prestações mais baixas e prazos mais curtos.

    O que você pode fazer?

    1) Primeira Estratégia: Portabilidade de Crédito

    a) Veja a taxa das sua dívida atual, o valor da prestação mensal e o valor total da dívida.

    b) Pesquise em Seu banco / taxas: 

    https://rock.com.br/seu-banco/taxas/

    Aqui, você vai encontrar as verdadeiras taxas praticadas pelos bancos para cada produto.

    c) Faça a sua simulação para avaliar o valor de redução dos juros, das prestações e da dívida.

    https://rock.com.br/simuladores/credito-pessoal-consignado/

    d) Procure os bancos para fazer a Portabilidade de Crédito. Pesquise as taxas e faça prazos menores.

    e) Se tiver algum problema na Portabilidade de Crédito. Faça a sua Reclamação aqui na Rock.

    https://rock.com.br/seu-banco/reclamacoes/

    Você poderá reduzir seus juros em até 72%. Depende de cada caso, do produto, das taxas contratadas e do prazo.


    2) Segunda estratégia: Produtos com taxas mais baixas

    Pode-se também procurar diferentes tipos de produtos e reduzir os juros.

    Conseguir empréstimo consignado com taxas de 15% a 20% ao ano e pagar o cartão de crédito parcelado que tem juros de 300% ao ano, pagar o crédito pessoal que tem juros ao redor de 150% ao ano.

    Obter um financiamento com garantia de um carro ou uma casa, que tem juros bem mais baixos.


    3) Terceira estratégia: Pessoas com nome sujo.

    Se seu nome já está no SPC e Serasa e sua dívida não tem garantia de alienação fiduciária (carro ou casa), a melhor estratégia é esperar e negociar.

    Os bancos podem dar descontos de até 90% nos juros e multas, porque:

    - Depois de 5 anos, ocorre a prescrição da cobrança da dívida. 

    - Depois de 5 anos, automaticamente seu nome sai do SPC e Serasa.

    Quando o banco conceder um bom desconto, você poderá quitar sua dívida e será um valor justo. Não fique sem pagar sua dívida. 

     Menos dívidas Foto: 500px

    Menos dívidas

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    Multirão das Dívidas. Descontos de até 92%.

    De segunda-feira (02 de dezembro de 2019) a sexta-feira (06 de dezembro de 2019), haverá o multirão das dívidas com descontos que podem chegar até 92%.

    Os bancos funcionarão com 2 horas a mais nessa semana para atender o público que queria renegociar sua dívida.

    As melhores estratégias são:

    -Pagamento à vista, porque terá maiores descontos.

    -Caso renegocie da dívida, faça prazos curtos.

    -Análise suas condições de pagamento. Não renegocie por renegociar, porque o prazo da prescrição da cobrança da dívida começará do zero. Assim como, o prazo de 5 anos de limpeza do nome sujo também começará a contar do zero novamente.

    -Negocie muito.


    Veja as principais ofertas dos bancos:

    1) Banco do Brasil

    -Desconto de até 92%.

    -Prazos de até 120 meses

    -Carência de até 180 dias

    -Taxas de juros de renegociação menores em até 14%


    2) Caixa Econômica Federal

    -Descontos de até 90%

    -Prazos de até 96 meses


    3) Santander

    -Descontos de até 90% para atrasos acima de 60 dias.

    -Descontos de até 20% para atrasos até 60 dias.


    4) Itaú

    -Descontos de até 90%.

    -Taxas reduzidas a partir de 1,99% com dívidas vencidas a mais de 90 dias.


    5) Bradesco

    -Prazos e taxas diferenciados, de acordo com o perfil dos clientes.


    6) Banrisul

    -Descontos de até 90%.

    -Prazo de até 96 meses.

    -Juros a partir de 0,69%.

    Renegociar a dívida Foto: 500px

    Renegociar a dívida

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    John Templenton: A maioria dos investidores compra na alta e vende na baixa. Quase todo mundo faz isso, mas ninguém admite

    John disse: "Claro, você pode dizer, compre quando estiver barato, isso é óbvio. Pode ser, mas não é assim que o mercado funciona. Quando os preços estão altos, um monte de investidores está comprando. 


    Os preços estão baixos quando a demanda está baixa, os investidores saíram, as pessoas estão desencorajadas e pessimistas. 

    Quando quase todo mundo está pessimista ao mesmo tempo, todo o mercado colapsa e investidores ficam de lado, sentados sobre suas carteiras. 

    Sim, eles dizem "Compre na baixa, venda na alta"", mas muitos deles compram na alta e vendem na baixa.  E quando eles compram? A resposta normal: "Oras, depois que os analistas concordam que a previsão está mais favorável.""

    Isso é tolice, mas é a natureza humana.

    Pensando em comprar na alta? Foto: 500px

    Pensando em comprar na alta?

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    Eu investi em algo. Você também não pode deixar essa oportunidade passar. SQN

    Muita gente não faz o que está dizendo ou faz com pouco só para dizer que fez. 


    Lembro que um diretor do banco que tinha um patrimônio de R$ 10 milhões e ele criou um produto novo de investimentos e disse que era ótimo para todo mundo. E que ele mesmo havia investido seu dinheiro.


    Achei a história estranha, porque analisando bem o produto, ele era bem ruim. Finalmente o segredo foi descoberto. Descobriu-se que ele tinha investido o mínimo de R$ 50.  Somente para dizer que ele mesmo tinha investido. 

    Oportunidade que você não pode perder Foto: 500px

    Oportunidade que você não pode perder

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    Faculdades de administração e economia: Ensinam o complexo?

    Warren Buffett disse: "As faculdades de administração recompensam o comportamento difícil e complexo mais do que o comportamento simples, mas o comportamento simples é o mais eficaz". 

    Muitas faculdades ensinam Teoria de Markowitz, modelo de Black and Scholes, Corporate Finance, Equilíbrio de Nash, Modelo IS-LM e muitas outras coisas. Mas falta o básico de conhecimento sobre os produtos bancários, qual é o melhor investimento, qual o melhor tipo de crédito. Como conseguir um crédito no BNDES. Como renegociar ou alongar uma dívida. 

    Falta o simples. 

    O que eu aprendo serve para alguma coisa? Foto: 500px

    O que eu aprendo serve para alguma coisa?

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    Se álgebra fosse necessário, Warren Buffett venderia Jornal

    Segundo Warren Buffett, as habilidades matemáticas necessárias para ser um grande investidor são: soma, subtração, multiplicação e divisão. Ele disse: "Se cálculo e álgebra fossem pré-requisitos para um grande investidor, eu teria que voltar a entregar jornais.

    Sabemos que os produtos bancários e de investimentos tem uma formula matemática complexa. Então, como poderemos resolver com matemática básica? 

    Podemos resolver com ajuda de ferramentas corretas como simuladores que ajudam a indicar qual é o melhor caminho. 

    Algebra? Foto: 500px

    Algebra?

  • Foto de Rock
    Rock Rubi

    + Análise

    Pegar o trem certo nas finanças pessoais

    Warren Buffett disse: "Gerenciar sua carreira é como investir. O grau de dificuldade não acrescenta nada". Portanto, você pode poupar dinheiro e sofrimento pegando o trem certo. O problema é que existem muitas dicas de qual trem pegar. Existem trens que não te levarão para lugar nenhum ou pior podem levar por caminhos errados e você desperdiçará tempo e dinheiro.

    Mas como saber qual é o trem certo? O trem certo é você mesmo que deve escolher. Para tanto, é necessário saber onde quer chegar, ter muito conhecimento e prática do assunto. Perguntar para o cônjuge, para um consultor, para o gerente de banco não vai ajudar muito e até mesmo pode te prejudicar. 

    Trem Certo Foto: 500px

    Trem Certo