Espaço Rock

Um Espaço que mostra o que afeta sua Vida Financeira:

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Selic subiu para 7,75% e os juros futuros com curva flat

    O Banco Central subiu a taxa selic de 6,25% para 7,75%.  

    Sobre o mundo de investimentos, o grande destaque foi a forte mudança da curva futura de juros. Basicamente, a partir de janeiro de 2023, os juros futuros ficam “flats” em patamares entre 12,35% a 12.51% ao ano.

    Segue as taxas dos juros futuros no dia 01 de novembro de 2021:

    -DI Jan/22: 8,38%

    -DI Jan/23: 12,36%

    -DI Jan/24: 12,51%

    -DI Jan/25: 12,48%

    -DI Jan/26: 12,42%

    -DI Jan/27: 12,46%

    -DI Jan/28: 12,41%

    -DI Jan/29: 12,46%

    -DI Jan/30: 12,42%

    -DI Jan/31: 12,40%

    -DI Jan/33: 12,35%

    Então, você pode ter taxas de 12% com prazos curtos como em janeiro de 2023 e janeiro de 2024, bem como oportunidades de taxas de 12.35% por 10 anos.

    Pode-se encontrar taxas de CDB com taxas de 14%, 15% ao ano de pequenos bancos.

    Por fim, normalmente, a curva de juros segue uma inclinação positiva, isto é, os juros sobem a medida que o prazo aumenta. Ter uma curva de juros "flat" geram oportunidades para diversificar prazos dos investimentos com taxas atrativas.

    Curva Flat Foto: 500px

    Curva Flat

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Muito cuidado com os Consórcios

    Segundo a definição do dicionário, consórcio quer dizer associação ou união. Ou seja, forma-se um grupo de pessoas com o mesmo objetivo de adquirir alguma coisa. 

    O consórcio mais comum é de carros, mas também temos de motos, casas, imóveis e até televisores.

    Para você participar de um consórcio terá que fazer aplicações mensais para adquirir o bem. Muitas pessoas utilizam o consórcio como forma de poupar algum dinheiro, já que não possuem o hábito e a disciplina de realizar investimentos mensais.

    No entanto, devemos mencionar que o Consórcio tem muitos custos, como os custos da taxa de administração, taxa de fundo de reserva, penalidades no momento do saque antecipado e multas de juros sobre as prestações atrasadas acrescidas de multa moratória. 

    Seguem as principais características de um consórcio:

    1) Prazos dos consórcios

    Os consórcios têm prazo bastante longo. 

    Os consórcios de carros podem ter 60, 72 prestações mensais.

    Os consórcios de casa podem ter 200, 300 e até 400 prestações mensais. Neste último caso, mais de 30 anos pagando.

    Os consórcios de eletroeletrônicos podem ter prazo de 24, 36 meses. 

    2) Custos do consórcio

    Vamos falar dos custos embutidos no produto consórcio.

    a) Taxa de administração

    O primeiro deles é a taxa de administração, os bancos chegam a cobrar de 12% a 25% pela vida do contrato. Isso mesmo de 12% a 25%. Mas importante que é pela vida do contrato, ou seja, cobrado para 5 anos, 6 anos. Essa taxa já é bastante alta. Se você mesmo pegasse o dinheiro e guardasse em um produto de investimento como CDB ou Tesouro Direto não teria esse custo, além disso, ganharia uma remuneração pela aplicação desse dinheiro.

    b) Taxa fundo de reserva

    O segundo custo é da taxa de fundo de reserva, cuja taxa está entre 2% a 5% sobre a vida do contrato. No caso do resgate antecipado, não existe devolução dessa taxa.

    c) Taxa de adesão

    O terceiro custo é a taxa de adesão que varia de 1% a 2%, que é cobrada de uma vez.

    d) Correção das prestações

    Temos ainda a correção das prestações. Ou seja, a prestação que você paga aumenta todo o ano, de acordo com algum índice para repor a inflação do período.

    e) Cobrança de juros e multa moratória

    A cobrança de juros que é de cerca de 1% ao mês sobre as prestações atrasadas e de 2% de multa moratória.

    f) Custo do resgate antecipado

    Existe também o custo no momento do resgate antecipado que pode levar 10% do que foi investido.

    g) Custo de oportunidade

    Finalmente, temos o custo de oportunidade, ou seja, o seu dinheiro não rende como deveria render como se estivesse em um bom investimento.

    3) Se eu não consigo mais pagar o consórcio

    Em três casos, existe uma multa de infração contratual que pode girar entre 10% a 15% do valor.

    a) Caso o consorciado desista de participar;

    b) Caso o consorciado não pagar 3 parcelas seguidas ou não;

    c) Caso consorciado quebrar alguma cláusula do contrato;

    4) Se eu desisto do consórcio

    A desistência do consórcio foi sempre muito debatida no meio jurídico. 

    Se você seguir o que está no contrato: você vai receber o dinheiro somente no final do contrato. Ou seja, se você tem um contrato de 200 meses, somente receberá depois de 200 meses.

    Se você tem um contrato de 72 meses, receberá somente depois de 72 meses.

    Em alguns casos, pessoas tem entrado na justiça para reaver o dinheiro antes, temos dois lados:

    -Têm pessoas que perdem o caso, porque o juiz acha que essa retirada antecipada vai gerar danos aos demais integrantes do consórcio.

    -Têm pessoas que ganham o caso. O juiz considera o prazo restante, o valor, a idade do consumidor para liberar o dinheiro.

    Se você tivesse feito um CDB com liquidez ou Tesouro Direto teria o dinheiro a qualquer momento.

    Descobrindo os consórcios Foto: 500px

    Descobrindo os consórcios

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Poupança versus Tesouro Selic

    A poupança é dos produtos mais conhecidos dos brasileiros. Mas ao mesmo tempo, poucas pessoas realmente entendem perfeitamente como o produto funciona.

    As principais características da poupança são:

    Primeiro: A facilidade de investir.

    Segundo: A facilidade de resgatar e possibilidade de resgatar a qualquer momento.

    Terceiro: Rentabilidade de TR + 0,5% ao mês, ou TR + 6,17% ao ano quando depósitos realizados até 03.05.2012. Para os depósitos realizados depois de 03.05.2012, vale:

    a) Se a selic está acima de 8,5% ao ano: Rende TR + 0,5% ao mês.

    b) Se a selic está abaixo de 8,5% ao ano: Renda 70% da Selic + TR.

    A TR é conhecida como Taxa Referencial, cujo valor varia de acordo com a taxa de juros. 

    Quarto: Tem a garantia do Fundo Garantidor de Créditos até R$ 250 mil. Lembrando que a garantia vale para cada CPF e banco e para a soma dos produtos como depósitos à vista, CDB, poupança, LCI, LCA e compromissadas de debentures.

    Quinto: A poupança não tem Imposto de Renda.

    No entanto, hoje existem produtos melhores que a poupança como o Tesouro Selic com as seguintes características:

    a) Facilidade de investir;

    b) Rentabilidade de quase 100% da Selic;

    c) Mesmo com a incidência do Imposto de Renda, vai render mais que a poupança;

    d) Liquidez diária como a poupança;

    e) Rentabilidade diária. Enquanto que a poupança rende a cada 30 dias.

    Você pode comparar a poupança com Tesouro Selic nos simuladores da Rock. Importante mencionar que a nomenclatura "Poupança Nova" se refere à poupança com nova regra, enquanto que, a nomenclatura "Poupança", se refere aos investimentos realizados no produto até 03 de maio de 2012.

    https://rock.com.br/simuladores/investimentos/

    Veja a grande diferença de rentabilidade entre Poupança Nova e Tesouro Selic.

    Tesouro Selic x Poupança Foto: 500px

    Tesouro Selic x Poupança

    • Foto de Ivo Barbosa
      Ivo Barbosa

      Informações valiosas.

      +
  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Armadilhas dos títulos de capitalização

    Os títulos de capitalização distribuem alguns prêmios. A grande maioria nunca ganhará um prêmio, porque as probabilidades são muito baixas.

    Adicionalmente, os títulos de capitalização possuem multas por atraso, suspensão, cancelamento, prazos de carência e baixa remuneração.

    1) Multas por atraso, Suspensão, Cancelamento

    Quando a pessoa opta pelo pagamento mensal do título de capitalização, tem que tomar muito cuidado com as multas caso não ocorra o pagamento ou atraso no pagamento.

    Alguns títulos colocam multa moratória, atualização monetária e juros para pagamentos após a data de vencimento.

    Outros colocam multa somente atualização monetária e juros. Já alguns simplesmente prorrogam a vigência em razão de atrasos. 

    Porém, em qualquer hipótese anteriormente citada, os títulos que estão em atraso são suspensos, não possuindo direito aos sorteios durante o prazo de suspensão. Além disso, na ocorrência de um determinado número consecutivo (definido em cada título) de pagamentos em atraso, o título será automaticamente cancelado. 

    2) Disponibilidade do dinheiro e penalizações

    Os títulos de capitalização têm um prazo de carência para resgate. 

    Em caso de resgate antecipado a empresa de capitalização poderá cobrar até 10% de multa do capital constituído.

    Além disso, também pode ter percentuais de resgate parcial. Mas também incorrerá a multa de até 10% do capital constituído.

    Então, você pode perder 2 vezes. Perder na rentabilidade baixa e perder pelo resgate antecipado.


    3) Baixa remuneração

    A capitalização possui uma remuneração muito baixa, porque a instituição pega parte da remuneração para fazer os sorteios dos prêmios e a outra parte fica com o banco por sua administração.

    A remuneração desse título de capitalização pode ser apenas a inflação, ou seja, não tem nenhum ganho real. Ou pode ser a remuneração da poupança, que possui um ganho real muito baixo ou ainda com taxas ainda menores.

    Para investimentos, existem produtos melhores como Tesouro Direto, CDB, LCI e Fundos de investimento com baixas taxas de administração. Com o ganho adicional desses produtos, você pode comprar muitos presentes sem esperar pela sorte nos sorteios de prêmios.

    Cuidado com os títulos de capitalização Foto: 500px

    Cuidado com os títulos de capitalização

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Compare tudo com a taxa de juros (CDI/Selic)

    No mercado de taxas, a referência é o CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Basicamente, é taxa de negociação de depósitos entre bancos. Essa taxa é muito próxima da taxa Selic. A taxa selic hoje é de 6,25% ao ano, enquanto o CDI está em 6,15% ao ano. A taxa futura de 10 anos dos juros está próxima de 11% ao ano.

    Antes de você fazer qualquer tipo de investimento, deve analisar em relação à taxa hoje de 6,15% e à taxa futura de 11%.

    Compare a valorização de imóvel com essas taxas, bem como a possibilidade de valorização da bolsa de valores. Exemplo: Se o Ibovespa está em 115 mil pontos:

    a) 1 ano com 11%: 128 mil pontos;

    b) 2 anos com 11%: 142 mil pontos;

    c) 3 anos com 11%: 157 mil pontos;

    d) 4 anos com 11%: 175 mil pontos;

    e) 5 anos com 11%: 194 mil pontos.

    Ou seja, o Ibovespa teria antigir um patamar de 194 mil pontos em 5 anos para se igualar a taxa de juros prefixada de 11% em 5 anos.

    No mercado financeiro, existe o conceito de equivalência CDI. Vamos fazer uma simplificação, para facilitar o entendimento (porque seria multiplicação e existe diferença de 252/360 dias, base linear e exponencial em alguns casos):

    -Se a taxa de juros longa é de 11%: se a taxa de juros do IPCA é de 5%, significa que a expectativa de inflação é de 6%.

    -Se a taxa de juros longa é de 11%: se taxa de juros em dólar é de 2% ao ano, significa que o diferencial de juros é 9% ao ano.

    No Brasil, grande parte dos investimentos estava na renda fixa, justamente pelos juros de 2 dígitos. Com a queda da selic para 2% ao ano, houve uma migração de investimentos para a bolsa e ativos mais arriscados. Mas a elevação dos juros tem revertido essa tendência.

    Comparação CDI Foto: 500px

    Comparação CDI

    • Foto de GIA
      GIA

      Muito bom!

      +
  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Banco Central subiu a selic para 6,25% ao ano. Taxas longas acima de 10% ao ano.

    O Banco Central (COPOM) subiu a taxa de juros (selic) de 5,25% para 6,25% ao ano. Em agosto de 2020, a taxa de juros havia atingido 2,00% ao ano. Mas o aumento da inflação e deterioração fiscal fizeram a Selic alcançar 6,25%. O COPOM sinalizou que haverá um outro aumento de 1,00% na próxima reunião.

    A expectativa do IPCA para 2021 já está acima de 8% e para 2022 estaria próximo de 4%.

    Os juros futuros indicam para (23/09/2021):

    • Jan/2024: 9,525%;
    • Jan/2025: 9,86%;
    • Jan/2026: 10,05%;
    • Jan/2027: 10,25%;
    • Jan/2029: 10,51%;
    • Jan/2031: 10,68%;
    • Jan/2035: 10,86%.


    No Tesouro Selic, temos as seguintes taxas:

    • Tesouro Prefixado 2024: 9,73%;
    • Tesouro Prefixado 2026: 10,03%;
    • Tesouro Prefixado 2031 (juros semestrais): 10,60%;
    • Tesouro IPCA 2026: IPCA + 4,49%;
    • Tesouro IPCA 2035: IPCA + 4,70%;
    • Tesouro IPCA 2045: IPCA + 4,70%;
    • Tesouro IPCA 2030 (juros semestrais): IPCA + 4,61%;
    • Tesouro IPCA 2040 (juros semestrais): IPCA + 4,77%;
    • Tesouro IPCA 2055 (juros semestrais): IPCA + 4,84%.


    Devido a esse aumento dos juros, hoje, existem CDBs de pequenos bancos com taxas de 13% ao ano. Lembrando, que a garantia do FGC é de R$ 250 mil por CPF e banco, limitado a R$ 1 milhão.

    Selic voando Foto: 500px

    Selic voando

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Ganhe tempo, trabalhe menos, faça o dinheiro trabalhar para você

    As taxas de juros no Brasil voltaram a subir. As taxas futuras indicam taxas de 11% ao ano. E consegue-se CDBs (Certificado de Depósito Bancário) que pagam taxas de 13% ao ano com prazos de 6 a 7 anos.

    Queremos mostrar um exemplo de como o dinheiro pode trabalhar para você, como você pode ganhar tempo e trabalhar bem menos.

    Suponha que você tenha demorado 10 anos para juntar R$ 1 milhão. Com uma taxa de 13% ao ano e descontado imposto de 15%, teríamos um ganho líquido de R$ 1 milhão e R$ 150 mil em apenas 7 anos. Seu capital final depois de 7 anos, seria de R$ 2 milhões e R$ 150 mil.

    Sim, deveríamos fazer um desconto da taxa de inflação, mas o objetivo é mostrar que podemos ganhar muito tempo, trabalhar menos simplesmente fazendo o dinheiro trabalhar.

    Aproveite que as taxas de longo prazo subiram. 

    Sobre os riscos, deve-se observar:

    a) A garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) é de R$ 250 mil por CPF e banco, limitado ao total de R$ 1 milhão. Portanto, não coloque um valor acima disso em um banco pequeno. Importante mencionar que deve-se considerar os juros acumulados.

    b) Geralmente, não se pode resgatar produtos como CDB, LCI ou LCA. Algumas plataformas permitem, mas com taxa de antecipação de resgate.

    Utilize os Simuladores de Investimentos e Previdência da Rock:

    https://rock.com.br/simuladores/investimentos/

    https://rock.com.br/simuladores/previdencia/

    Trabalhe menos e ganhe tempo Foto: 500Px

    Trabalhe menos e ganhe tempo

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Investimentos em renda fixa: Invista em duration

    Devido ao aumento da inflação e do risco fiscal, os juros futuros de longo prazo têm subido no Brasil. A taxa selic chegou a 2% ao ano e subiu para 5,25% ao ano.

    Notamos uma oportunidade de operar duration na curva de juros. Ou seja, as taxas de médio e longo prazo atingiram patamares entre 10% a 11% ao ano.

    A taxa futura de janeiro de 2024 estava em 9,21% (24 de agosto de 2021), janeiro de 2027 ficou em 10% ao ano. E finalmente, as taxas de janeiro de 2035 estavam em 10,91% ao ano.

    Portanto, pode-se reservar parte do capital / portólio para investir em juros de médio e longo prazo. Pode-se fazer isso com Tesouro Direto Prefixado, Tesouro Direto IPCA e títulos privados.

    No caso do Tesouro Direito, existe a liquidez diária, ou seja, pode-se resgatar o investimento a qualquer momento. 

    No dia 24 de agosto de 2021, a taxa do Tesouro Prefixado estava:

    a) 2024: 9,53% ao ano

    b) 2026: 9,91% ao ano

    c) 2021: 10,57% ao ano (juros semestrais)

    No caso dos títulos privados, geralmente, não há liquidez até o vencimento do papel. Por este motivo e pelo risco do banco privado, os CBDs, LCIs, LCAs pagam um prêmio.

    Encontramos CDBs com taxas de 110%, 120%, 130% do CDI. Se a taxa prefixada é de 10%, o valor de 130% do CDI é de 13% ao ano. Em 6 anos, a taxa bruta acumulada é de 108,2%. Uma excelente taxa.

    Algumas plataformas de investimento permitem o resgate mesmo de produtos sem liquidez, mas neste caso cobra-se uma taxa de liquidação antecipada.

    Oportunidades Foto: 500px

    Oportunidades

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Como investir em fundo imobiliário em 3 passos

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Quer render seu dinheiro?

    Muita gente acha que, por ganhar pouco, não conseguirá render o dinheiro, nem investir, poupar, pagar todas as dívidas e sair do zero.

    E render dinheiro não é só aumentar valores de ganho, mas também dos ganhos serem suficientes para viver uma vida tranquila, como aquelas pessoas que até ganham bem, mas nunca conseguem constituir nada e só fica no vermelho.

    Por isso, ajudamos centenas de pessoas em nossa plataforma (rock.com.br) a entenderem que elas podem saber o que fazer para resolver seus problemas financeiros e render dinheiro e que Educação Financeira não é chato, complicado ou que é só para quem é mais “velho” (experiente), para quem já seja investidor ou economista.

    São coisas simples a fazer, mas muitos não as conhecem. Algumas podem parecer óbvias, mas não são feitas.

    Por isso, milhares se esforçam por anos tentando melhorar sua condição financeira, mas não saem do lugar.

    Os 3 passos para começar a render o seu dinheiro também são simples:

    1) Controle os gastos. Controle tudo o que você gasta. Pode ser através de uma planilha excel, um caderninho ou um aplicativo. O importante é controlar os gastos para saber em que está gastando, onde pode diminuir e até quanto pode-se gastar por mês. Siga um princípio importante: Não gaste mais do que ganha! Em nossa plataforma, na página EDUCAÇÃO FINANCEIRA, selecionamos as melhores planilhas e aplicativos para você.

    2) Comece a investir um pouco todo mês. Pode ser 5%, 10%, 15% da renda mensal. Recomenda-se iniciar investimentos no Tesouro Direto Selic, cujo investimento inicial é de apenas R$ 30. O objetivo é criar uma reserva de emergência e depois criar um patrimônio. Para fazer isso, crie uma conta em uma corretora como XP Investimentos, BTG Pactual Digital ou Easynvest. 

    3) Diversifique investimentos. Também pode diversificar o portfólio com Tesouro Direto IPC-A e Tesouro Direto Pré-fixado, CDB, LCI, LCA, Fundos Imobiliários e Renda Variável (esses dois últimos é recomendável procurar especialistas credenciados).

    Bora praticar? Melhor maneira de render é praticando e começando agora!