Espaço Rock

Um Espaço que mostra o que afeta sua Vida Financeira:

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Deuteronômio 28. Para receber as bênçãos e prosperidade.

    Deuteronômio 28 tem 68 versículos, do versículo de 1 a 14 descrevem as bênçãos e do 15 a 68 as maldições. Não existe meio termo na bíblia. Ou seja, ou é benção ou maldição.

    Mas como receber as bênçãos?

    Deuteronômio 28:1-6

    E será que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra.

    E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus:

    Bendito serás na cidade, e bendito serás no campo.

    Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais; e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas.

    Bendito o teu cesto e a tua amassadeira.

    Bendito serás ao entrares, e bendito serás ao saíres.

    A resposta é Ouvir a voz de Deus e guardar todos os mandamentos e obedecer. 

    Vamos tentar explicar de maneira simples, segundo Marcos 12:30-31.


    Marcos 12:30. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.

    Marcos 12:31. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.

    Amar a Deus sobre todas as coisas é ouvir e obedecer a voz dele. Muita gente ouve, mas não obedece e não segue o que Deus falou. Isso é classificado como rebeldia e como pecado de feitiçaria.


    1: Samuel 15:23. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.

    1 Reis 13:21. E clamou ao homem de Deus, que viera de Judá, dizendo: Assim diz o Senhor: Porquanto foste rebelde à ordem do Senhor, e não guardaste o mandamento que o Senhor teu Deus te mandara.

    Amar a Deus de todo o seu coração é seguir tudo que está na Palavra (Bíblia). Significa não pecar mais, servir, procurar uma vida de santidade, pedir perdão, descer / humilhar-se, louvar a Deus, seguir os mandamentos. Muita gente ama a Deus apenas com a boca, mas não no seu coração e em seus atos.

    Mateus 15.8-9. Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens.

    Outros colocam o amar ao próximo acima de amar a Deus (exemplo: ajudam muito o próximo, mas não fazem o que Deus falou para fazer. Lembre-se: primeiro sempre Deus). 

    Portanto, para alcançar todas as bênçãos de Deuteronômio 28 é ouvir a Deus e seus mandamentos e obedecê-los. Por outro lado, se não obedecer haverá maldições.

    Ouvir e obedecer Foto: 500px

    Ouvir e obedecer

    • Foto de Ricardo Cardoso
      Ricardo Cardoso

      Submetam-se à autoridade das palavras de Deus. As palavras de Deus são supremas além da medida; elas são a mais alta diretriz e o mais alto mandamento e devem ser obedecidas de forma absoluta. Deus nos criou e os colocou sobre a terra, conduzindo-nos a uma busca de vida eterna

      +
  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Gênesis 24. Por que Rebeca foi escolhida como esposa de Isaque, foi próspera e abençoada?

    Um dos grandes mistérios é porque Rebeca foi escolhida esposa de Isaque dentre mulheres da época. Será que ela tinha algo especial que não notamos? Será que foi apenas o acaso? Quais eram as características que determinaram a escolha para Rebeca entrar na família de Abraão?

    Primeiramente, vamos falar as principais características de Jesus, conforme Filipenses 2:7-11.

    -Esvaziou-se de si mesmo;

    -Serviu;

    -Humilhou-se a si mesmo;

    -Obediente a Deus até a morte;

    -Para ser o nome sobre todo o nome;

    Filipenses 2:7-11:

    “Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;

    E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.

    Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;

    Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,

    E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai."

    Eliezer à mando de Abraão foi procurar a esposa de Isaque e levou consigo 10 camelos. Eliezer orou para Deus e definiu as seguintes características:

    Gênesis 24:42-44

    E hoje cheguei à fonte, e disse: Ó Senhor, Deus de meu senhor Abraão, se tu agora prosperas o meu caminho, no qual eu ando,

    Eis que estou junto à fonte de água; seja, pois, que a donzela que sair para tirar água e à qual eu disser: Peço-te, dá-me um pouco de água do teu cântaro;

    E ela me disser: Bebe tu e também tirarei água para os teus camelos; esta seja a mulher que o SENHOR designou ao filho de meu senhor."

    1) Esvaziar-se.

    Rebeca foi buscar água no poço em um cântaro vazio. Em média, num cântaro era possível levar entre 15 a 20 litros de água. Pelo que ela fez, o cântaro vazio significa que ela foi vazia de todo orgulho, vaidade, egoísmo, inveja, arrogância, preguiça, rebeldia, de julgar os outros, culpar os outros, raiva, ira e outras coisas. Lembra-se de Jesus: Esvaziou-se de si mesmo.

    2) Humilhou-se (descer). Sabe quantos litros de água bebe um camelo? Um camelo bebe aproximadamente 100 litros de água. Então, estamos falando de cerca de 1.000 litros de água. Rebeca foi buscar água no poço e desceu umas 65 vezes com seu cântaro para dar água aos camelos.

    3) Servir. Rebeca serviu Eliezer e os camelos. Por que é simbolizado por camelos? Simboliza que não devemos fazer acepção de pessoas. Jesus foi servo para servir a humanidade independente da pessoa.

    4) Obediente. Quando Rebeca encheu o primeiro cântaro, Eliezer pediu para ela a água. E ela obedeceu.

    5) Para ser o nome escolhido para ser a esposa de Isaque.

    Portanto, para ser exaltado por Deus devemos nos esvaziar de nós mesmos, ser servos, obedientes a Deus e humilharmos. Para que possamos nos encher e transbordar. E com isso, também haverá prosperidade financeira. Rebeca recebeu muita prata, ouro e vestidos.

    Gênesis 24:15-20

    E sucedeu que, antes que ele acabasse de falar, eis que Rebeca, que havia nascido a Betuel, filho de Milca, mulher de Naor, irmão de Abraão, saía com o seu cântaro sobre o seu ombro.

    E a donzela era mui formosa à vista, virgem, a quem homem não havia conhecido; e desceu à fonte, e encheu o seu cântaro e subiu.

    Então o servo correu-lhe ao encontro, e disse: Peço-te, deixa-me beber um pouco de água do teu cântaro.

    E ela disse: Bebe, meu senhor. E apressou-se e abaixou o seu cântaro sobre a sua mão e deu-lhe de beber.

    E, acabando ela de lhe dar de beber, disse: Tirarei também água para os teus camelos, até que acabem de beber.

    E apressou-se, e despejou o seu cântaro no bebedouro, e correu outra vez ao poço para tirar água, e tirou para todos os seus camelos.

    Gênesis 24:53

    E tirou o servo jóias de prata e jóias de ouro, e vestidos, e deu-os a Rebeca; também deu coisas preciosas a seu irmão e à sua mãe.

    Esvaziar-se de si mesmo Foto: 500px

    Esvaziar-se de si mesmo

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Prosperidade na crise: Gênesis 47:13-27

    Segundo a Bíblia, José ajuntou trigo por 7 anos para enfrentar 7 anos de crise.

    O grão de trigo é um alimento básico usado para fazer farinha e, com esta, o pão. Um dos principais alimentos na época.

    O trigo é uma semente, cuja palavra vem do latim sementis e se refere à semente do fruto ou qualquer coisa através do qual permite-se criar algo. 

    Gênesis 41:49: Assim ajuntou José muitíssimo trigo, como a areia do mar, até que cessou de contar; porquanto não havia numeração.

    Foi através das sementes que José prosperou o Egito na maior crise da época. Com as sementes:

    1) Trocou sementes por todo dinheiro do Egito e da terra de Canaã.

    2) Trocou sementes por todo animal, gado (vacas, ovelhas, cavalos, jumentos).

    3) Trocou sementes por toda terra do Egito.

    4) Trocou sementes por toda a vida (servo).

    5) Finalmente, José deu sementes para o povo em troca de 1/5 da produção.

    Tenha sementes em sua vida, que através delas virá dinheiro, gado, terra, vida e semente para gerar mais sementes.

    Uma grande empresa hoje foi uma semente no passado. Começou pequeno como uma semente, mas cresceu, floresceu e deu frutos.

    Hoje, no mundo dos negócios temos muito dinheiro disponível, mas falta encontrar boas sementes para se tornarem grandes companhias.

    Da mesma forma, Jesus disse que se tivesse fé como um grão de mostarda seria capaz de mover montanhas. Novamente, o sentido da fé como uma semente de mostarda que vai desenvolvendo até mover as montanhas.

    Portanto, para prosperar na crise, tenha muitas sementes.

    Assim como aplique a lei da semeadura em todos os aspectos da sua vida. E como diz 2º Coríntios 9:6: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.


    Gênesis 47:13-27

    E não havia pão em toda a terra, porque a fome era muito grave; de modo que a terra do Egito e a terra de Canaã desfaleciam por causa da fome.

    Então José recolheu todo o dinheiro que se achou na terra do Egito, e na terra de Canaã, pelo trigo que compravam; e José trouxe o dinheiro à casa de Faraó.

    Acabando-se, pois, o dinheiro da terra do Egito, e da terra de Canaã, vieram todos os egípcios a José, dizendo: Dá-nos pão; por que morreremos em tua presença porquanto o dinheiro nos falta.

    E José disse: Dai o vosso gado, e eu vo-lo darei por vosso gado, se falta o dinheiro.

    Então trouxeram o seu gado a José; e José deu-lhes pão em troca de cavalos, e das ovelhas, e das vacas e dos jumentos; e os sustentou de pão aquele ano por todo o seu gado.

    E acabado aquele ano, vieram a ele no segundo ano e disseram-lhe: Não ocultaremos ao meu senhor que o dinheiro acabou; e meu senhor possui os animais, e nenhuma outra coisa nos ficou diante de meu senhor, senão o nosso corpo e a nossa terra;

    Por que morreremos diante dos teus olhos, tanto nós como a nossa terra? Compra-nos a nós e a nossa terra por pão, e nós e a nossa terra seremos servos de Faraó; e dá-nos semente, para que vivamos, e não morramos, e a terra não se desole.

    Assim José comprou toda a terra do Egito para Faraó, porque os egípcios venderam cada um o seu campo, porquanto a fome prevaleceu sobre eles; e a terra ficou sendo de Faraó.

    E, quanto ao povo, fê-lo passar às cidades, desde uma extremidade da terra do Egito até a outra extremidade.

    Somente a terra dos sacerdotes não a comprou, porquanto os sacerdotes tinham porção de Faraó, e eles comiam a sua porção que Faraó lhes tinha dado; por isso não venderam a sua terra.

    Então disse José ao povo: Eis que hoje tenho comprado a vós e a vossa terra para Faraó; eis aí tendes semente para vós, para que semeeis a terra.

    Há de ser, porém, que das colheitas dareis o quinto a Faraó, e as quatro partes serão vossas, para semente do campo, e para o vosso mantimento, e dos que estão nas vossas casas, e para que comam vossos filhos.

    E disseram: A vida nos tens dado; achemos graça aos olhos de meu senhor, e seremos servos de Faraó.

    José, pois, estabeleceu isto por estatuto, até ao dia de hoje, sobre a terra do Egito, que Faraó tirasse o quinto; só a terra dos sacerdotes não ficou sendo de Faraó.

    Assim habitou Israel na terra do Egito, na terra de Gósen, e nela tomaram possessão, e frutificaram, e multiplicaram-se muito.

    Sementes que Prosperam Foto: 500px

    Sementes que Prosperam

    • Foto de Ivo Barbosa
      Ivo Barbosa

      O processo nas nossas vidas é importante para crescimento! Admiro muito a história de José, grande ensinamento de Fé e Espera.

      +
  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Não é lugar, não é a situação, não é problema que define uma pessoa abençoada. Gênesis 39. Gênesis 26. Gênesis 31.

    As histórias de José, Jacó e Isaque nos ensinam que, independente das situações, dos problemas, dos lugares, quando o Senhor Deus quer abençoar uma pessoa nada pode impedir. Assim como, as pessoas que estão em volta de uma pessoa abençoada também recebem as benções de Deus.

    Deus abençoou José e a casa de Potifar foi abençoada.

    Deus abençoou Jacó e casa de Labão foi abençoada.

    Isaque prosperou nas terras dos filisteus.

    José na casa da Potifar

    Gênesis 39:1. E José foi levado ao Egito, e Potifar, eunuco de Faraó, capitão da guarda, varão egípcio, comprou-o da mão dos ismaelitas que o tinham levado.

    Gênesis 39:2. E o Senhor estava com José, e foi varão próspero, e estava na casa de seu senhor egípcio.

    Gênesis 39:5. E aconteceu, que desde que o pusera sobre a sua casa e sobre tudo o que tinha, o Senhor abençoou a casa do egípcio por amor de José, e a bênção do Senhor foi sobre tudo o que tinha, na casa e no campo.

    Jacó na casa de Labão

    Gênesis 30:27. Então, lhe disse Labão: Se, agora, tenho achado graça a teus olhos, fica comigo. Tenho experimentado que o Senhor me abençoou por amor de ti.

    Gênesis 30:28. E disse mais: Determina-me o teu salário, que to darei.

    Isaque na terra dos filisteus

    Gênesis 26:12. E semeou Isaque naquela mesma terra e colheu, naquele mesmo ano, cem medidas, porque o Senhor o abençoava.

    Gênesis 26:13. E engrandeceu-se o varão e ia-se engrandecendo, até que se tornou muito grande.

    Gênesis 26:14. E tinha possessão de ovelhas, e possessão de vacas, e muita gente de serviço, de maneira que os filisteus o invejaram.


    Deus também não deixou José, Jacó e Isaque enganados.

    Labão tentou enganar Jacó 10 vezes com mudanças do seu salário.

    Os Filisteus quiseram impedir a prosperidade de Isaque tampando e tomando os poços de água. 

    Finalmente, o propósito de José não foi impedido pela mulher de Potifar.

    Jacó não é engado por Labão

    Gênesis 31:7. Mas o vosso pai me enganou e mudou o salário dez vezes, porém, Deus não lhe permitiu que me fizesse mal.

    Gênesis 31:8. Quando ele dizia assim: Os salpicados serão o teu salário, então, todos os rebanhos davam salpicados. E, quando ele dizia assim: Os listrados serão o teu salário, então todos os rebanhos davam listrados.

    Filisteus não conseguiram impedir que Isaque encontrasse água

    Gênesis 26:15. E todos os poços que os servos de seu pai tinham cavado nos dias de Abraão, seu pai, os filisteus entulharam e encheram de terra.

    Gênesis 26:18. Cavaram, pois, os servos de Isaque naquele vale e acharam ali um poço de águas vivas.

    José não é engado pela mulher de Potifar

    Gênesis 39:7. E aconteceu, depois destas coisas, que a mulher de seu senhor pôs os olhos em José e disse: Deita-te comigo.

    Gênesis 39:8. Porém, ele recusou e disse à mulher do seu senhor: Eis que o meu senhor não sabe do que há em casa comigo e entregou em minha mão tudo o que tem.


    E como ser abençoado por Deus? Vamos ver o que diz Deuteronômio 28.

    Deuteronômio 28:1. E será que, se ouvires a voz do Senhor, teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu te ordeno hoje, o Senhor, teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da terra.

    Deuteronômio 28:2. E todas as bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor, teu Deus.

    A resposta é simples, mas não é fácil: Ouvir a voz de Deus e cumprir os estatutos e os mandamentos. Interessante, que primeiro é ouvir a voz de Deus, que ainda é reforçado no versículo 2 (quando ouvires a voz do Senhor, teu Deus) e cumprir os estatutos e mandamentos de Deus. 

    Benções sobre uma pessoa Foto: 500px

    Benções sobre uma pessoa

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Desobediência de Davi em numerar o exército. 1Crônicas 21, 2 Samuel 24

    Segundo a Bíblia, Deus havia falado com Moisés em numerar o povo duas vezes para saber a quantidade de homens que poderiam lutar na guerra. Deviam ser homens acima de 20 anos de idade e devia-se indicar quantas pessoas eram de cada tribo e família. Moisés seguiu as instruções de Deus e fez o censo do povo.

    Números 1

    1 No primeiro dia do segundo mês do segundo ano depois dos israelitas terem deixado o Egito, o Senhor deu as seguintes instruções a Moisés, que se encontrava nessa ocasião na tenda do encontro, enquanto Israel estava acampado no deserto de Sinai:

    2 Faz um recenseamento de todos os homens israelitas,

    3-5 a partir da idade de 20 anos, que sejam aptos para combater; indica também a tribo e a família de cada um.

    Números 26

    1 Depois de ter passado a praga, o Senhor disse a Moisés e a Eleazar, filho de Aarão, o sacerdote: 

    2 Recenseia todos os homens de Israel, de 20 anos para cima, para se saber com quantas pessoas de cada tribo e família se poderá contar para a guerra.”

     3-4 Moisés e Eleazar instruíram os chefes de Israel nesse sentido. Toda a nação estava acampada nas planícies de Moabe, nas margens do rio Jordão, em frente de Jericó.

    Davi fez a mesma coisa que Moisés e mandou numerar os homens que podiam pegar armas para a guerra. O censo durou 9 meses e 20 dias e foi contado 1 milhão e cem mil homens em Israel e quatrocentos e setenta mil homens em Judá.

    Mas desta vez foi um pecado e Deus falou para Davi escolher entre 3 castigos:

    - Três anos de fome.

    - Três meses da espada do inimigo.

    - Três dias da espada de Deus, isto é, uma peste na terra e o anjo do Senhor destruam todos os termos de Israel.

    Davi escolheu a terceira opção, ou seja, cair nas mãos de Deus, porque Deus é misericordioso. 

    O Senhor mandou a peste e 70 mil homens morreram. E o anjo destruiu Jerusalém.

    Foi um castigo severo por apenas ter numerado o povo. A grande questão que fica é: Por que Moisés fez duas vezes e não eram pecados e Davi fez uma vez e foi pecado?

    A resposta é simples. No caso de Moisés foi realmente Deus quem mandou. No caso de Davi, não foi Deus, foi Satanás quem incitou. 

    1Crônicas21 Então, Satanás se levantou contra Israel e incitou Davi a numerar a Israel.

    Outro ponto que pode confundir é a contradição em 2Samuel 24, porque diz: "E a ira do Senhor se tornou a acender contra Israel, e ele incitou a Davi contra eles, dizendo Vai e numera a Israel e a Judá." Mas em Samuel, mostra-se a permissão de Deus para Satanás afligir a Davi como aconteceu também com Jó. Essa permissão foi devido aos pecados de Israel, por isso fala-se na ira do Senhor.

    Não se sabe efetivamente o que passava no coração de Davi, todavia podemos ter as seguintes suposições: Davi queria saber a quantidade de homens do seu exército para apaziguar sua angústia e medo frente a uma guerra ou representava um certo orgulho em saber o poderio das suas forças. Mas em ambas mostra a não confiança na glória, no poder e na justiça de Deus.

    Provérbios 9:10 diz que “O temor ao Senhor é o princípio da Sabedoria. Por isso, os grandes nomes da Bíblia sempre obedeciam a Deus. Porém nesse caso da numeração do povo, a mensagem é saber distinguir se é Deus ou de Satanás. 

    A santificação, oração e jejum garantem que a comunicação com Deus seja fluída. Porém, o pecado pode incitar mais pecados e não ouvimos mais a voz de Deus, o que está claramente em Isaías 59:1-2.

    "Certamente a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar, nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça."

    A Rock fez uma série de Posts sobre desobediência no intuito de mostrar que justamente que o temor ao Senhor é o princípio da sabedoria. Deus é como um pai e quer o melhor para os filhos e Ele sabe qual é o melhor caminho. Seguindo os seus caminhos evitamos muitos problemas. 

    Similarmente, um pai pode falar para o filho não colocar o dedo da tomada, não pular da escada / janela e não sair correndo na frente dos carros. O pai passa a sabedoria para o filho não se machucar. 

    A vida financeira segue o mesmo princípio, porque Deus sabe o que melhor para cada um e vai direcionar no melhor caminho.

    Numeração do Exército

    Numeração do Exército

    • Foto de zillner
      zillner

      Davi descumpriu o mandamento dado a Moisés:

      12 "Quando você fizer o recenseamento dos israelitas, cada um deles terá que pagar ao Senhor um preço pelo resgate por sua vida quando for contado. Dessa forma nenhuma praga virá sobre eles quando você os contar.

      13 Cada recenseado contribuirá com seis gramas, com base no peso padrão do santuário, que tem doze gramas. As seis gramas são uma oferta ao Senhor.

      14 Todos os alistados, da idade de vinte anos para cima, darão ao Senhor essa oferta.

      15 Os ricos não contribuirão com mais, nem os pobres darão menos que seis gramas, quando apresentarem a oferta ao Senhor como propiciação por suas vidas.

      16 Receba dos israelitas o preço da propiciação e use-o para o serviço da Tenda do Encontro. Será um memorial perante o Senhor em favor dos israelitas, para fazerem propiciação por suas vidas".


      Êxodo 30:12-16

      • Foto de zillner
        zillner

        A oferta era um valor bem baixo, simbólico, mas tem um significado implícito, pois, era a metade da medida padrão do santuário, mostrando que um israelita era parte de uma unidade, ele sozinho simbolizava metade.

        +
      • Foto de zillner
        zillner

        No contexto geral, o censo de uma nação deve ser feito com a noção de unidade e de importância. O rico e o pobre devem ter o mesmo valor, e cada um é parte do todo. Caso contrário o governante pode tomar decisões erradas, priorizando uns e desprezando outros.

        +
      +
  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    O milagre do azeite da viúva. 2º Reis 4

    A passagem da bíblia da multiplicação do azeite da viúva é uma das mais lindas. Mostra o poder da obediência e da fé em fazer o que profeta Eliseu ordenou, conforme direção de Deus.

    2º Reis 4:

    3 Então, disse ele: Vai, pede para ti vasos emprestados a todos os teus vizinhos, vasos vazios e não poucos. 

    4 Então, entra e fecha a porta sobre ti e sobre teus filhos, e deita o azeite em todos aqueles vasos, e põe à parte o que estiver cheio.

    5 Partiu, pois, dele e fechou a porta sobre si e sobre seus filhos, e eles lhe traziam os vãos, e ela os enchia.

    6 E sucedeu que, cheios que foram os vasos, disse a seu filho: Traze-me ainda um vaso. Porém, ele lhe disse: Não há vaso nenhum. Então, o azeite parou.

    7 Então, veio ela e o fez saber ao homem de Deus, e disse ele: Vai, vende o azeite e paga a tua dívida, e tu e teus filhos vivei do resto.

    A profundidade desta palavra e como é o agir de Deus é surpreendente.

    A pergunta que fica é: Por que essa viúva foi a escolhida dentre milhares de viúvas?

    A Bíblia fala que essa viúva era uma das mulheres dos filhos dos profetas. O marido era um servo de Deus e temia ao Senhor.

    Porém, a viúva estava com dívidas e veio o credor para levar os filhos como escravos para o pagamento da dívida.

    2º Reis 4:1: E uma mulher, das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu dizendo: Meu marido, teu servo, morreu, e tu sabes que o teu servo temia ao Senhor, e veio o credor a levar-me os meus dois filhos para serem servos.

    Afinal quem era essa viúva? Por que ela estava endividada e os filhos seriam levados como escravos?

    A viúva era a mulher de Obadias, mordomo do rei Acabe. Obadias escondeu 100 profetas numas covas e os sustentou com pão e água. Porque Jezabel, mulher de Acabe, queria matá-los. 

    A dívida que Obadias fez foi para alimentar os 100 profetas nas covas.

    1º Reis 18:13. Porventura, não disseram a meu senhor o que fiz, quando Jezabel matava os profetas do Senhor, como escondi a cem homens dos profetas do Senhor, de cinquenta em cinquenta, numas covas, e os sustentei com pão e água?

    Agora compreendemos a dimensão desta palavra e a maneira que Deus fez esse milagre.

    Deus manda a viúva pedir emprestado muitos vasos e ficar em secreto para a multiplicação do azeite. Da mesma forma, que seu marido Obadias fazia, quer dizer, pediu emprestado para alimentar muitos profetas no secreto (para não serem mortos).

    Muitas vezes, os milagres acontecem quando obedecemos a Deus e executamos a sua obra. Todas as nossas ações têm consequências, sejam elas boas ou ruins.

    Deus direcionou o que deveria ser feito para salvar aquela viúva das dívidas, ensinando-a a empreender: pegar o que tinha para vender e com a venda pagar as dívidas e viver do restante. Se ela não tivesse obedecido, certamente, não teria se livrado das dívidas e seus filhos teriam se tornado escravos.

    Milagre da multiplicação do azeite

    Milagre da multiplicação do azeite

    • Foto de Rodrigo198074y
      Rodrigo198074y

      Amém amém que benção de palavra abençoada 🙏🙏🙏🙏

      +
    • Foto de Dianacp
      Dianacp

      Obg Deus

      +
    • Foto de Dianacp
      Dianacp

      Amém que palavra e essa

      +
  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    1º Timóteo 5. A família, a parentela e os crentes devem ajudar a verdadeira viúva

    Em 1º Timóteo 5:8 diz: Mas, se alguém não tem cuidado dos seus e principalmente dos da sua própria casa, negou a fé e é pior do que o infiel.

    Essa é uma passagem interessante, mas algumas pessoas utilizam esse versículo apenas para justificar certas atitudes e esquecem que está dentro do contexto da ajuda para com as viúvas.

    1º Timóteo 5:1-16, fala da verdadeira viúva e a respeito dos da própria casa que devem ser ajudados.

    Para a viúva receber ajuda deveria ter vários requisitos:

    Primeiro Requisito: Ser verdadeiramente viúva

    1º Timóteo 5:3. Honra as viúvas que verdadeiramente são viúvas.

    Por que a bíblia falaria sobre uma verdadeira viúva? 

    Por dois motivos:

    a) Existiam viúvas que não precisavam de ajuda, ou seja, tinham condições de se sustentar. 

    b) Havia esposas que mentiam que eram viúvas para receber ajuda de terceiros e da igreja. Em outras situações, o marido não exercia o devido sacerdócio da casa.

    Segundo Requisito: Uma mulher de oração

     1º Timóteo 5:5. Ora, a que é verdadeiramente viúva e desamparada espera em Deus e persevera de noite e de dia em rogos e orações.

    Novamente, aparece a questão da verdadeira viúva e ela tem que ser uma mulher de oração e que espera em Deus.

    Terceiro Requisito: Que não vive em deleites e prazeres

    1º Timóteo 5:6 Mas a que vive em deleites, vivendo, está morta.

    A Palavra de Deus é justa, quer dizer, não faz sentido ajudar uma viúva para ela viver nos deleites e prazeres da carne. Deve-se ajudar as viúvas que, realmente, precisam de comida, de um lugar para morar, roupas e necessidades básicas. E não aquelas que utilizam o dinheiro para prazeres da carne. A bíblia diz que esta já está morta.

    2º Tessalonicenses 3

    Por último, não devemos esquecer do trabalho, como está em 2º Tessalocicenses 3, as pessoas devem trabalhar e não viver ociosas (Se não quiser trabalhar, também não coma).

    10 Quando ainda estávamos com vocês, nós ordenamos isto: Se alguém não quiser trabalhar, também não coma.

    11 Pois ouvimos que alguns de vocês estão ociosos; não trabalham, mas andam se intrometendo na vida alheia.

    A partir do versículo 9 de 1º Timóteo 5, mostra quais viúvas deveriam ser inscritas para receber ajuda da Igreja. Agregou-se as seguintes características:

    Quarto Requisito: Viúvas com mais de 60 anos e de um marido só.

    1º Timóteo 5:9. Nunca seja inscrita viúva com menos de sessenta anos, e só a que tenha sido mulher de um só marido.

    Quinto Requisito: Fez a boa obra e criou os filhos

    1º Timóteo 5:10. Tendo testemunho de boas obras, se criou os filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os aflitos, se praticou toda boa obra.

    Paulo fala que se a viúva não é sozinha, ou seja, os filhos e netos devem ajudar, principalmente, os que moram na própria casa.

    1º Timóteo 5:4. Mas, se alguma viúva tiver filhos ou netos, aprendam primeiro a exercer piedade para com a sua própria família e recompensar seus pais, porque isto é bom e agradável diante de Deus.

    1º Timóteo 5:8 Mas, se alguém não tem cuidado dos seus e principalmente da sua própria casa, negou a fé e é pior do que o infiel.

    Os filhos e netos tem a obrigação de ajudar a verdadeira viúva. E especialmente os filhos e netos que moram na própria casa da viúva.

    A bíblia é sábia, porque faz total sentido que a prioridade de ajuda deve vir, principalmente, dos da própria casa. Porque representa a estrutura de uma família. Se um dos filhos já se casou, criou-se uma outra família.

    Além disso, se um filho ainda mora com sua mãe viúva e tem os cuidados desta, além de ter os benefícios dessa casa (lugar, água, luz, internet, comida), deve recompensar os pais. 

    Mas é claro que outros filhos que já se casaram podem ajudar, mas foi colocado uma prioridade aos da própria casa (é a ideia de oikos: uma casa ou família, ou relativo a certa casa ou família). Na bíblia, família refere-se ao marido, esposa e filhos. Se um filho se casa, tem-se outra família. O restante torna-se parentela.

    Finalmente, notamos que a igreja estava sobrecarregada. Assim, se a viúva não tivesse família e parentela, os crentes deveriam ajudar (termina o versículo mencionando novamente a viúva verdadeira).

    1º Timóteo 5:16. Se alguém crente ou alguma crente tem viúvas, socorra-as, e não se sobrecarregue a igreja, para que se possam sustentar as que deveras são viúvas.

    Portanto, a bíblia ensina que devemos ajudar a família, principalmente, os da casa e aquelas que ficaram sem o marido para prover o sustento, mas antes, devemos analisar certos comportamentos dessas pessoas, se elas se esforçam para trabalhar, se aproveitam da maneira correta tal ajuda e não as usam para se deleitar e se tornarem acomodadas. Porque do contrário, você poderá até mesmo arriscar suas finanças e acontecer de ambos necessitarem de ajuda financeira.

    A verdadeira viúva Foto: 500px

    A verdadeira viúva

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Parábola dos Talentos: Mateus 25:14–30

    Vamos analisar a Parábola dos Talentos sobre dois prismas: espiritual e trabalho.

    Na visão espiritual, significa que devemos utilizar nossos talentos até a volta de Jesus.

    Deus nos deu talentos e dons que devem ser utilizados para gerar frutos e multiplicá-los. Conforme o propósito e ministério de cada um, deve-se fazer a obra de Deus.

    Cada vez que utilizamos nossos talentos, mais os multiplicamos e mais talentos recebemos.

    Constatamos que o talento não é fixo. Ou seja, o talento pode aumentar ou diminuir, conforme utilizamos ou não (segundo sua capacidade).

    Porém, uma pessoa que enterra os talentos, essa perde até o que tem.

    Mateus 7:19 diz: Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e atirada ao fogo.

    Podemos também aplicar a visão do trabalho.

    Comprovadamente, para você subir na carreira profissional, basicamente, precisa produzir além das expectativas. Ou seja, o seu trabalho precisa gerar frutos. Cada vez que gera mais frutos, mais sobe-se na carreira e mais ocorre o aumento do salário. A mesma dinâmica da Parábola dos Talentos. Cargos mais executivos podem ganhar de 20 a 30 vezes mais que a média dos empregados de uma empresa. Ou seja, o talento foi recompensado e multiplicado.

    Por outro lado, alguém que não trabalha, ou seja, não gera frutos, geralmente, é demitido. Quer dizer, até o pequeno salário é tirado.

    Mateus 25:14–30

    14 Porque será também como um homem que, partindo para fora da sua terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens;

    15 E a um deu cinco talentos, e a outro, dois, e a outro, um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe.

    16 E tendo ele partido, o que recebera cinco talentos negociou com eles, e granjeou outros cinco talentos.

    17 Da mesma forma, o que recebera dois granjeou também outros dois;

    18 Mas o que recebera um foi enterrá-lo no chão, e escondeu o dinheiro do seu senhor.

    19 E muito tempo depois veio o senhor daqueles servos, e ajustou contas com eles.

    20 Então aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles.

    21 E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.

    22 E chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos.

    23 Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.

    24 Mas, chegando também o que recebera um talento, disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste;

    25 E atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu.

    26 Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabes que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei;

    27 Por isso te cumpria dar o meu dinheiro aos banqueiros, e quando eu viesse, receberia o meu com os juros.

    28 Tirai-lhe, pois, o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos.

    29 Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem será tirado.

    30 Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.

    Multiplicar os talentos

    Multiplicar os talentos

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Desobediência de Davi para ir à guerra. 2Samuel 11

    A oração do Pai Nosso tem uma parte que fala “Não nos deixe cair em tentação”.

    Porém, Davi caiu em tentação com Bate-Seba. 

    Mas o que a Palavra nos mostra é que Davi deveria ter ido à guerra (no tempo em que os reis saíam para guerra). Porém, Davi enviou Joabe em seu lugar, enviou seus servos e todo o Israel.

    Outro ponto importante é palavra “porém”, denotando que este preferiu ficar em Jesuralém em oposição de ir à guerra.

    A Bíblia fala que foi enviado “todo Israel” referindo a todos os homens adultos. Tanto que Urias foi na guerra e deixou sua esposa Beta-Seba em Jerusalém.

    2Samuel 11:1. E aconteceu que, tendo decorrido um ano, no tempo em que os reis saem a guerra, enviou Davi a Joabe, e a seus servos com ele, e a todo o Israel, para que destruíssem os filhos de Amom e cercassem Rabá, porém Davi ficou em Jerusalém.

    2Samuel 11:2. E aconteceu, à hora tarde, que Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando, e era esta mulher muito formosa à vista.

    Se Davi tivesse obedecido e ido à guerra não teria caído em tentação. Mas, Davi cometeu adultério e mandou matar um homem inocente (Urias).

    Portanto, obedecer a Deus também evita que caiamos em tentação.

    A sentença de Deus contra Davi pela morte de inocente e adultério foi pesada.

    2Samuel 12:10 Agora, pois, não se apartará a espada jamais da sua casa, porquanto me desprezaste e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para que te seja por mulher.

    2:Samuel 12:11 Assim diz o Senhor: Eis que suscitarei da tua mesma casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante ao sol.

    E a sentença de Davi contra si mesmo se concretizou (Davi disse que o homem que roubou a única ovelha deveria ser morto e restituído 4 vezes): morreram 4 filhos de Davi: o primeiro filho com Bate-Seba, Ammom, Adonias e Absalão.

    2Samuel 12:5 Então, o furor de Davi se acendeu em grande maneira contra aquele homem, e disse a Natã: Vive o Senhor que digno de morte é o homem que fez isso.

    2Samuel 12:6 E pela cordeira tornará a dar o quadruplicado, porque fez tal coisa e porque não se compadeceu.

    Rei na guerra

    Rei na guerra

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Desobediência Jeroboão e sua queda: 1Reis 14

    Depois da morte de Salomão, seu filho Roboão assumiu o reino. Porém, ele não soube reinar e administrar, o que provocou a separação das 12 tribos.

    Roboão ficou com o Reino do Sul, chamado Judá. Roboão manteve duas tribos, uma era a casa de Judá e outra de Benjamim. 

    E Deus colocou Jeroboão como rei para o reino do Norte chamado de Israel. Ou seja, Deus tirou 10 tribos da descendência de Davi.

    Mas Jeroboão caiu na idolatria, o que levou o povo a adorar outros deuses baseado em dois bezerros de ouro. Além disso, nomeou sacerdotes que não eram filho de Levi e virou as costas para Deus.

    Deus colocou Jeroboão como rei de Israel, mas devido a sua idolatria tirou brutalmente seu reinado, sua família e descendência.

    1Reis 14:7. Vá dizer a Jeroboão que é isto o que o Senhor, o Deus de Israel, diz: ‘Tirei-o dentre o povo e o tornei líder sobre Israel, o meu povo. 

    1Reis 14: 8 Tirei o reino da família de Davi e o dei a você, mas você não tem sido como o meu servo Davi, que obedecia aos meus mandamentos e me seguia de todo o coração, fazendo apenas o que eu aprovo. 

    1Reis 14:9 Você tem feito mais mal do que todos os que viveram antes de você, pois fez para si outros deuses, ídolos de metal; você provocou a minha ira e voltou as costas para mim.

    1Reis 14:10 Por isso, trarei desgraça à família de Jeroboão. Matarei de Jeroboão até o último indivíduo do sexo masculino em Israel, seja escravo ou livre. Queimarei a família de Jeroboão até o fim como quem queima esterco. 

    1Reis 14:11 Dos que pertencem a Jeroboão, os cães comerão os que morrerem na cidade, e as aves do céu se alimentarão dos que morrerem no campo. O SENHOR falou.

    1Reis 14:14: O Senhor, porém, levantará para si um rei sobre Israel, que destruirá a casa de Jeroboão no mesmo dia, mas que será também agora.

    Queda

    Queda