Foto de Rock
Rock Diamante

+ Análise

A taxa selic subiu de 11,75% para 12,75%

O Banco Central subiu a taxa de juros de 11,75% para 12,75%. O Banco Central antevê como provável uma extensão do ciclo com um ajuste de menor magnitude. O mercado espera uma alta entre 0,5% e 0,75% para junho, o que levaria a selic entre 13,25% ou 13,50%.

A curva futura de juros indica na manhã do dia 05 de maio de 2022:

-DI Jan/2023: 13,18%;

-DI Jan/2024: 12,74%;

-DI Jan/2025: 12,13%;

-DI Jan/2026: 11,96%;

-DI Jan/2027: 11,95%;

-DI Jan/2028: 11,97%;

-DI Jan/2029: 12,05%;

-DI Jan/2030: 12,01%;

-DI Jan/2031: 12,16%;

-DI Jan/2033: 12,18%;

-DI Jan/2034: 12,18%;


Quanto ao Tesouro Prefixado, temos:

-Tesouro Prefixado 2025: 12,24%;

-Tesouro Prefixado 2029: 12,20%;

-Tesouro Preficado 2033 (com juros semestrais): 12,29%;

Tesouro IPCA:

-2026: IPCA + 5,37%;

-2035: IPCA + 5,63%;

-2045: IPCA + 5,63%;

-2032 (juros semestrais): IPCA + 5,56%;

-2040 (juros semestrais): IPCA + 5,63%;

-2055 (juros semestrais): IPCA + 5,73%.

Para produtos com liquidez diária (resgate a qualquer momento), destaca-se um momento ideal para diversificação de investimentos em renda fixa como Tesouro Prefixado e IPCA. 

Bem como existem excelentes oportunidades para o CDB, LCI e LCA com taxas acima de 14% ao ano e com prazo médio e longo. Porém, estes não tem liquidez diária.

Finalmente, destacamos a seguinte parte do Comunicado do Copom:

“Para a próxima reunião, o Comitê antevê como provável uma extensão do ciclo com um ajuste de menor magnitude. O Comitê nota que a elevada incerteza da atual conjuntura, além do estágio avançado do ciclo de ajuste e seus impactos ainda por serem observados, demandam cautela adicional em sua atuação. O Copom enfatiza que os passos futuros da política monetária poderão ser ajustados para assegurar a convergência da inflação para suas metas, e dependerão da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação para o horizonte relevante da política monetária.”

Dinheiro rendendo mais de 12% para aproveitar a vida Foto: 500px

Dinheiro rendendo mais de 12% para aproveitar a vida