Espaço Rock

Um Espaço que mostra o que afeta sua Vida Financeira:

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Notícia

    Greve dos servidores do BC causa adiamento da nova fase de consulta dos Valores a Receber

    O Banco Central informou que a nova rodada de consultas do dinheiro esquecido em instituições financeiras, prevista para ser aberta a partir do dia 2 de maio, foi adiada e não tem previsão para a reabertura do sistema. Mas ela ressaltou que a data será avisada “com a devida antecedência”.

    A indisponibilidade do serviço se deu pela greve dos servidores do BC, desde o início de abril/22, que afetou o cronograma de desenvolvimento das melhorias que seriam implantadas no Sistema de Valores a Receber (SVR), impedindo a reabertura das consultas.

    Os servidores requerem reajuste salarial ao governo. Nos últimos dias a paralisação foi suspensa, mas segue com algumas interrupções parciais do trabalho.

    A nova rodada de consulta do SVR trará muitas novidades:

    - A possibilidade de solicitar o resgate do dinheiro esquecido nos bancos no mesmo momento da consulta, diferentemente do que era no início, onde o usuário precisava agendar o saque para um período definido pela entidade, baseado na data de nascimento do beneficiário ou de abertura da empresa (no caso de pessoa jurídica).

    - Incluirá mais bases de dados fornecidas pelas instituições financeiras. Dessa forma, poderão realizar uma nova consulta, tanto as pessoas que não tinham valores esquecidos a receber quanto aquelas que já sacaram as quantias disponíveis, na etapa inicial.

    - Possibilidade de consultar dinheiro esquecido nos bancos que pertencia a falecidos, informação esta que não foi disponibilizada inicialmente pela plataforma.

    - Solução dos problemas referentes à exigência de conta nível prata ou ouro no sistema Gov.br, que impossibilitava o saque dos valores por alguns usuários.

    Greve de funcionários afetou cronograma do SVR Foto: shutterstock

    Greve de funcionários afetou cronograma do SVR

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Notícia

    Caixa atrasa saque FGTS para nascidos em janeiro

    Diversos trabalhadores com direito ao saque extraordinário do FGTS estão relatando dificuldades e atrasos no recebimento dos valores pelo app da Caixa.

    Pelo calendário, trabalhadores que nasceram em janeiro começaram a receber o dinheiro no dia 20 de abril, porém, muitas pessoas revelaram que não receberam o depósito automático no aplicativo Caixa Tem.

    O aplicativo tem emitido notificação de saque em datas diversas: 30/04, 02/05, 04/05, 11/05 etc.

    As redes sociais ficaram cheias de reclamações a respeito do atraso daqueles nascidos em janeiro, que receberiam no dia 20/04. Para eles, o calendário de pagamentos definido, não serve para nada, uma vez que não está sendo cumprido.

    A Caixa afirmou à folha de São Paulo, que é necessário um prazo mínimo para os procedimentos operacionais do banco após um trabalhador complementar o cadastro e realizar a solicitação do saque extraordinário e que os trabalhadores que receberam saldo na conta do FGTS após o período previsto do saque, devem receber uma nova tentativa de pagamento na próxima data do calendário.

    Nascidos em janeiro não estão satisfeitos Foto: 500px

    Nascidos em janeiro não estão satisfeitos

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Notícia

    IOF cambial será zerado até 2029

    O governo editou decreto para zerar as alíquotas do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) que incidem sobre operações de câmbio, até 2029, com o objetivo de acelerar a adesão do país à OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

    A redução será gradual e escalonada e, a partir de 2029, quando a medida estiver totalmente implementada, o impacto anual alcançará 7,7 bilhões de reais, mas em 2023 já começará em 500 milhões de reais.

    Haverá redução imediata de 6% para 0% na alíquota de IOF que incide sobre empréstimos de até 180 dias realizados no exterior.

    Entre 2023 e 2028, haverá redução escalonada do IOF sobre o uso de cartões de crédito no exterior. Assim, a atual cobrança de 6,38%, cairá um ponto percentual ao ano até chegar a zero em 2028.

    A alíquota sobre aquisição de moeda estrangeira em espécie, será reduzida de 1,10% para 0% em 2028.

    Todas as demais operações, com alíquota de 0,38%, passarão a 0% em 2029.

    Objetivo é acelerar a adesão do país à OCDE Foto: shutterstock

    Objetivo é acelerar a adesão do país à OCDE

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Notícia

    Criminosos utilizam celulares roubados para golpes do Pix

    Conforme noticiado pela Folha de São Paulo, uma associação criminosa ligada ao Primeiro Comando da Capital (PCC) está sendo acusada de furtar e roubar celulares para invadir contas bancárias e realizar transferências fraudulentas via Pix.

    A partir da prisão de um homem que desbloqueava as senhas de um iPhone furtado, foi possível investigar a quadrilha.

    Ao roubar ou furtar celulares, eles acessam os apps bancários e utilizam o Pix para retirar o dinheiro da conta da vítima no mesmo dia, antes que o banco bloqueie o acesso.

    De acordo com as investigações, a estrutura da quadrilha é muito organizada, havendo um especialista para cada função:

    - Desbloqueador de tela.

    - Burlador de senhas bancárias, ou seja, pessoas que emprestam suas contas em troca de um percentual do dinheiro e outras que abrem contas com dados roubados.

    - “Mulas”: os contratados para transportar iPhones furtados até a África. Isso porque, devido à dificuldade de utilizar os telefones bloqueados no Brasil, os modelos da Apple e outros celulares mais caros são revendidos no continente africano.

    Em média, são desviados a cada caso, R$ 50 mil, mas em outros casos foram cerca de R$ 2 mil e alguns chegaram a além de R$100 mil.

    Tais altos valores obtidos com a fraude têm sido o principal motivador para a participação do PCC neste tipo de ação.

    A quadrilha também é suspeita de sequestro relâmpago para saques em bancos.

    Desvios ultrapassam R$100 mil Foto: shutterstock

    Desvios ultrapassam R$100 mil

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Capital mais difícil para Startups em 2022?

    No evento do Banco Itaú, Tech Founders Summit, Martín Escobari falou sobre as perspectivas do mercado de Venture Capital.

    Martín Escobari é head da General Atlantic na América Latina, que fez aportes de capital vencedores na XP, Gympass, Hotmart, Neon, Único e Quinto Andar. A General Atlantic possui US$ 80 bilhões em ativos de sob gestão.

    Segue os principais insights:

    -Brasil chegou atrasado para a festa dos aportes de capital;

    -Brasil participou da festa por 1 ano e meio. Enquanto mundialmente, a festa já ocorria por 4 anos;

    -Os aportes somaram US$ 15 bilhões em 2021 na América Latina, mais que a soma dos 15 anos anteriores;

    Perspectivas:

    -A festa do capital farto acabou para todo mundo;

    -Várias empresas listadas de tecnologia perderam entre 30% à 50% do valor;

    -Não é uma situação catastrófica, mas será mais difícil levantar dinheiro;

    -IPO estão parados.

    No primeiro trimestre de 2022 houve queda de 19% de investimentos em startups em comparação ao primeiro trimestre de 2021 e o maior queda percentual desde do terceiro trimestre de 2012, conforme da CB Insights.

    Outro ponto importante é o aumento da taxa de juros no Brasil, nos EUA e no mundo, que poderá provocar uma migração mais forte para ativos de renda fixa. No mundo de taxa de juros zero ou negativo, havia mais disposição para assumir mais risco.

    Portanto, é fundamental a gestão do fluxo de caixa das startups para os próximos anos, visto que o capital será mais seletivo. 

    Acabou a festa do capital farto Foto: 500px

    Acabou a festa do capital farto

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Notícia

    Juiz reconhece abusividade das taxas de juros de instituição financeira

    A abusividade das taxas de juros remuneratórios praticadas por uma instituição financeira foi reconhecida pelo juízo da Unidade Estadual de Direito Bancário do Judiciário de Santa Catarina.

    Uma mulher propôs ação revisional de 27 contratos de empréstimos, celebrados de setembro de 2016 a maio de 2021 com a CREFISA SA CREDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS, requerendo a limitação dos juros remuneratórios à taxa de 12% ao ano (processo nº 5011711-54.2021.8.240092).

    A instituição financeira, por sua vez, defendeu a licitude do contrato, alegando que as cláusulas contratuais não são abusivas.

    Porém, foi reconhecida a abusividade nos 27 contratos. Em 20 deles, a taxa anual de juros é de 987,22%. A média máxima do Banco Central no período contratado foi de 134,98%.

    Os outros 7 contratos, a taxa anual é de 333% a 837%.

    O juiz responsável pela causa, Dr. Leone Carlos Martins Júnior, determinou em sentença que os contratos fossem limitados às taxas médias de mercado de acordo com o Banco Central para os respectivos períodos de contratação.

    Ele também ordenou que a instituição financeira restituísse os valores indevidamente pagos, acrescidos de juros moratórios e correção monetária.

    Além disso, descaracterizou a mora dos contratos em litígio até o recálculo do valor devido.

    27 contratos extremamente abusivos Foto: shutterstock

    27 contratos extremamente abusivos

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Análise

    Mastercard aumenta sua tarifa e é notificada por varejistas e atacadistas

    A Mastercard foi notificada pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) e pela Associação Brasileira dos Atacadistas de Autosserviço (ABAAS). Elas reclamaram do aumento da tarifa cobrada pela operadora.

    A ABRAS alegou que a operadora de cartões não apresentou qualquer “justificativa econômica e jurídica” plausível para o aumento da taxa.

    A ABAAS, setor atacadista que somente passou a aceitar transações com cartões de crédito e débito, ressaltou que o reajuste é “inaceitável, abusivo, exorbitante e desproporcional” e que repensará o uso da bandeira em suas vendas.

    No mês de março/22, representantes do setor de e-commerce já haviam reclamado sobre esse aumento.

    O aumento da tarifa, que ocorrerá a partir de hoje (22/04/22), será de 0,5% nas transações on-line via cartão feitas no débito, e 0,2% nas transações na função crédito.

    Provavelmente, tais custos será repassado ao bolso do consumidor.

    A Mastercard confirmou em nota ao jornal O Globo, que atualizará a taxa na data informada, "respeitando os limites estabelecidos pelo regulador" e que ela é paga "pelo adquirente ao banco do titular do cartão pelos serviços que ele fornece", não recebendo “nenhuma receita advinda de taxas de intercâmbio".

    Tal decisão favorecerá ainda mais o uso do PIX no comércio varejista e atacadista, bem como enfraquecerá o uso da Bandeira Mastercad.

    O uso da bandeira Mastercard enfraquecerá Foto: shutterstock

    O uso da bandeira Mastercard enfraquecerá

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Notícia

    Saque de até R$ 1 mil reais do FGTS começa hoje!

    O saque extraordinário do FGTS para todos os trabalhadores que tenham R$ 1 mil ou menos de saldo, começou a ser liberado hoje, 20/04 e dependerá do mês de aniversário de cada trabalhador.

    Segundo a Caixa Econômica Federal, mais de 3,9 milhões de pessoas podem realizar o saque nesta etapa, contudo, mais de 42 milhões poderão fazer o saque ao decorrer do calendário. Os valores ficarão disponíveis para retirada até o dia 15 de dezembro de 2022.

    Confira o calendário de saque:

    Nascidos em / data de saque

    Janeiro: 20/04

    Fevereiro: 30/04

    Março: 04/05

    Abril: 11/05

    Maio: 14/05

    Junho: 18/05

    Julho: 21/05

    Agosto: 25/05

    Setembro: 28/05

    Outubro: 01/06

    Novembro: 08/06

    Dezembro: 15/06

     

    Outras informações:

    - Todos com contas ativas e inativas com valores disponíveis podem realizar o saque de até R$ 1 mil em uma poupança digital aberta automaticamente pela caixa.

    - O dinheiro será transferido automaticamente na data prevista para a conta do app Caixa Tem e, de lá, será possível transferir para o banco de sua preferência.

    - O saque é facultativo, mas é necessário informar que você não deseja receber o crédito por meio do aplicativo do FGTS ou em uma agência da Caixa.

    - Caso o valor seja transferido indevidamente para sua conta da Caixa Tem, basta não realizar movimentações e o dinheiro retornará com correção para a conta do FGTS.

     

    Mais informações importantes em: https://rock.com.br/espaco-rock/saques-de-ate-r-1-mil-do-fgts-serao-liberados-em-a/

    Para consultar seu saldo FGTS, acesse: https://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/Paginas/default.aspx

    Confira calendário de saque! Foto: shutterstock

    Confira calendário de saque!

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Notícia

    Banco PAN: dados de 64 mil clientes são vazados

    O banco PAN sofreu um vazamento de dados que expôs informações de conta de cerca de 64 mil clientes, além de ter sido sofrido possível extorsão para que os dados não sejam publicados.

    Segundo denúncia anônima, teriam sido comprometidas 22 milhões de contas, mas a assessoria de imprensa do PAN desmentiu.

    Mas foi confirmado o vazamento de 64 mil contas presentes em uma amostra de 1 GB – o arquivo completo, com supostos 25 GB.

    Dentre os dados vazados, estão: nome completo, CPF, data de nascimento, endereço residencial, informações sobre cartões de crédito e número da conta mascaradas, saldo devedor e valor da fatura.

    Segundo o banco:

    “Detectamos recentemente uma fragilidade na plataforma de um fornecedor de tecnologia, utilizada na Central de Atendimento a clientes do segmento de cartões. Ativamos nossos protocolos de segurança, notificamos a empresa de software para imediata correção da vulnerabilidade e contratamos consultoria especializada independente para uma análise completa.”

    Ele informou ao site TecMundo que:

    “De acordo com a apuração em curso, já foi possível constatar que não houve comprometimento de conta corrente, indisponibilidade de sistema, ou invasão à infraestrutura do Banco, tendo sido confirmado, no entanto, que a exploração da vulnerabilidade permitiu a cópia não autorizada de dados cadastrais, de limite disponível e saldo devedor, sem que tenham sido expostos dados completos de cartão, senhas ou qualquer dado que incorra em risco financeiro direto para o cliente e para o banco. Reforçamos que a segurança das informações é nossa prioridade e todas as autoridades competentes foram notificadas".

    Assim, segundo o banco, dados bancários que gerem risco financeiro via PAN não foram vazados, limitando-se ao nome, CPF, nascimento, endereço, número da conta, saldo, valor da fatura.

    O cibercriminoso descreveu como fez para conseguir o acesso não autorizado:

    “O banco utiliza credenciais impotentes e simples para controlar todas as contas de e-mail responsáveis por processar as informações dos clientes, como registrar novas contas, responder tickets etc”, disse a fonte. “Com uma senha válida obtida, foi feita uma listagem de todos os e-mails públicos de funcionários, e com um ataque de password spray foi possível comprometer muitas contas que tinham acessos ascendidos a dados dos clientes”.

    Ele afirmou que iniciou um processo de identificação da API de onde os dados eram extraídos para o sistema de e-mail e que desenvolvido um script para extrair informações dos clientes:

    “O script era simples, apenas utilizava um cookie válido para enviar requests autenticadas para a API e salvava o resultado em um arquivo de texto. Ao total, foram extraídas informações de mais de 22M de clientes do banco Pan, que como citado acima, contém muitas informações que podem ser utilizadas por grupos criminosos”.

    Além disso, também enviou um relatório ao CSIRT do banco Pan (grupo técnico responsável por resolver incidentes relacionados à segurança) com todos os detalhes de como o ataque foi coordenado, contando com CWE e CVSS de criticidade calculado.

    Como saber se fui vítima de fraude?

    É simples de saber se você foi vítima de fraude: o site Registrato, do Banco Central, monitora quais contas correntes estão vinculadas ao CPF do titular.

    Assim, por meio de um cadastro simples, é possível acessar informações de empréstimos e financiamentos, lista dos bancos em que você possui conta, indicações de chaves PIX cadastradas em instituições de pagamentos e dados sobre operações de câmbio ou transferências internacionais.

    O que fazer?

    Clientes que se sentirem lesados de alguma maneira podem entrar em contato com o banco para averiguação, vez que a LGPD protege a privacidade dos dados pessoais de todos os clientes e ainda prevê a responsabilização do controlador dos dados, pelos danos patrimoniais e morais causados, sejam individuais ou coletivos (artigo 42 da lei).

    Cibercriminoso conseguiu o acesso não autorizado Foto: shutterstock

    Cibercriminoso conseguiu o acesso não autorizado

  • Foto de Rock
    Rock Diamante

    + Notícia

    Conta de energia terá redução de 20% com a bandeira verde

    A partir de 16 de abril, todos os consumidores de energia elétrica do Brasil terão bandeira verde, o que reduzirá a conta de luz em 20%.

    A expectativa do Ministério das Minas e Energia é que a bandeira verde permaneça até o final do ano, não havendo mais acréscimo.

    Essa é uma ótima notícia para o bolso do consumidor, vez que, em setembro de 2021, houve a bandeira Escassez Hídrica, que subiu a conta de energia devido a um período de seca, o pior em 91 anos.

    Assim, até o dia 15 de abril, estará em vigor a bandeira de Escassez Hídrica, que determina a cobrança de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos. Tal suspensão será possível, graças aos reservatórios das hidrelétricas que estão cheios, cujas chuvas permitiram o desligamento das usinas termelétricas.


    Mas lembre-se: não é porque a conta será mais barata que você não vai controlar seu gasto de energia, ok?

    Ótima notícia para o bolso do consumidor! Foto: shutterstock

    Ótima notícia para o bolso do consumidor!