Respostas (1)
10
+

Sim, pode fazer portabilidade de dívida. Os bancos chamam de Portabilidade de Crédito. A vantagem é que você deixará de pagar algumas taxas. Dependendo do tipo de crédito, você poderá reduzir os juros em até 72%.

Segue um passo a passo de como fazer:

1) Avalie a sua dívida. Quanto era de principal (valor do empréstimo) e quanto está pagando de prestações mensais (multiplique a quantidade x valor da prestação = você saberá o valor da dívida total).

2) Pesquise na plataforma as taxas atuais dos bancos. Você pode pesquisar por tipo de crédito, por exemplo, crédito pessoal, crédito consignado, cartão de crédito parcelado. Anote uma taxa de crédito que acha razoável.

https://rock.com.br/seu-banco/taxas/credito/

3) Faça uma simulação de quanto você poderá reduzir a dívida e as prestações.

Basta colocar o valor do empréstimo e a nova taxa do crédito (taxa mensal) que você acabou de pesquisar.

https://rock.com.br/simuladores/credito-pessoal-consignado/

Você irá notar 2 coisas: que o valor da dívida cai, porque tem taxa de juros menores e também pelo prazo menor da operação. Veja o que melhor cabe no seu bolso, mas sempre vale um esforço, você optar por prazos mais curtos, porque vai pagar bem menos juros.

4) Procure os bancos e fale que quer fazer uma portabilidade de crédito. E espere o banco fazer uma proposta para você. Peça para reduzir o prazo também.

5) Uma vez aprovado a portabilidade de crédito, o banco que recebe faz todo o processo de pagamento do crédito com o outro banco. Lembrando, que seu banco atual poderá fazer uma contra-proposta para você manter o crédito. Avalie se faz sentido.

6) Se houver algum problema na portabilidade de crédito. Faça a sua reclamação na plataforma.

https://rock.com.br/seu-banco/reclamacoes/

Foto de RockTheBank

Acesso grátis a todo conteúdo. Seja um Rocker!

Para acessar sem limites a nossa plataforma, entre para a Rock The Bank e conecte-se.